domingo, 19 de maio de 2013

Little Things - Segunda Temporada - 13° Capítulo


Pensamentos



Narradora ON


Você:Harry? - Ele estava de bruços na cama, sem olhar para SeuNome.

Harry: Fala.

Você:Por que tem sangue no meio das minhas coisas e uma faca com meu nome escrito?! - Ela já começara à se desesperar, também, não é pra menos, quem gostaria de receber um "presentinho" assim ? 

Harry: Como é? - Ele se levantou e foi até onde ela estava parada, viu e constatou o que a mesma lhe disse e ficou de boca aberta. Quem poderia estar querendo a morte de sua futura esposa? 

Você: Harry, quem colocou isso aqui? Pelo o amor de Deus! - Se sentou na ponta da cama colocando as mãos sobre o rosto, assustada.

Harry: Eu não sei, sinceramente eu não sei. 



Uma semana depois 

Passada a última semana, SeuNome e Harry esconderam de quem foi possível o objeto ensanguentado que ela achou no meio de suas coisas. O único depois deles que ficou informado sobre tal, foi Andrew, nenhum motivo específico, eles só acharam que fosse melhor contar à ele. A faca, foi guardada dentro de um saco plastico, com o sangue seco grudado em seu metal, e colocada no cofre secreto de Andrew, de modo que ninguém pudesse ter acesso a não ser ele, que sabia a senha. Dentre isso, o assunto que não se esvaía da casa, era o casamento de Harry e SeuNome, que estava para ocorrer dali a uma semana, afinal, os preparativos precisavam estar prontos, decoração, vestido, música disso e daquilo, convidados, segurança, até chegarem nos mínimos detalhes possíveis do evento, como a cor dos detalhes do bolo e etc. Harry só se preocupava com sua noiva, se ela ainda continuava tão assustada ou se se acalmara e deixara de lado o que ocorreu anteriormente. Já ela, tinha milhares, com certeza, multiplicado por milhões, de pensamentos e perguntas rondando sua cabeça. Não deixava absolutamente nenhuma pessoa ao seu redor perceber seu humor e o que se passava por dentro de si, sempre com um sorriso no rosto, disfarçando emoções. A única coisa da qual ela realmente prestou e deu a devida atenção, foi a escolha de seu vestido, quando saiu com sua mãe, irmã, Millena e Dani e andaram por praticamente todo o Reino Unido, atrás do vestido perfeito. O mesmo, o escolhido, o selecionado, o que só estava esperando ela lhe achar, caiu perfeitamente em seu corpo, e ela teve certeza, era aquele. 

Os meninos queriam fazer uma surpresa não só no casamento, como no presente dos mesmos. Porém, o do casamento só seria surpresa para os convidados e SeuNome, o resto já saberiam de tudo. A do presente, nenhum dos noivos saberia até chegarem e encontrarem em sua casa. Sim, o presente estaria só aguardando a chegada dos recém-casados em sua bela casa, depois de curtirem sua lua de mel, viajando à todo o mundo, incluindo a América do Sul, com a famosa banda pop/rock. 

[......................] 

Dias se passando, e o casamento chegando. Todos muito anciosos, menos uma pessoa : a própria noiva. Teve dias em que ela deixava que os outros decidissem as coisas de seu próprio casamento e saía sozinha, mas com seus quatro seguranças lhe rondando ainda mais protetoramente. Era sempre assim, lhe enviavam alguma tipo de "ameaça" , de "aviso", sua segurança era o mais importante a ser realizada em primeiro lugar. Alternando entre ir andando até o centro, ou caminhando entre parques e lugares com cores vivas. 

Em um dia desses, andou tão longe, que só voltou quando a manhã ja ía virando noite, chegando em sua casa, nem um pouco suada ou cansada, porque foi nesse exato dia que ela teve tempo suficiente para colocar suas obrigações em ordem, lembrar as pessoas das quais possuíam raiva dela e as chances de terem mandado aquela faca... Além de também lembrar que seu casamento, já era depois de amanhã, ou seja, no dia seguinte, seria sua despedida de solteira. E com pouca fome e ânimo, apenas ingeriu uma quantidade pequena no jantar, tomou um banho demorado, vestiu seu pijama e deitou em sua cama, dormindo com a cabeça cheia de pensamentos, mas todos em ordem, fazendo assim, não conseguir ter pesadelos, muito menos sonhos, apenas visualizando dentro da mente um fundo cor de rosa bebê e sentir os braços de seu futuro marido lhe passando pela cintura, dormindo junto à ti, na penúltima noite que ainda tinham o significado de apenas "noivos". 




Não vou falar mais nada aqui embaixo, só se for preciso. Comentem se quiserem, estou fazendo minha parte. Sei que está curto, mas tenho medo de colocar palavras ou cenas meio fortes e coisa e tal. UD continua em breve. A nova fic entrará hoje. Boa noite

10 comentários:

  1. aaa eu gosto muito dessa fic!
    continua pf *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura? Que ótimo, me deixa bem feliz :D

      Continuo sim, assim que eu puder eu escrevo e já posto.

      \Izah

      Excluir
  2. Ameii u.u continua
    Mariana Souza

    ResponderExcluir
  3. Ah Liamda ficou perfeito!!!!! Continua....

    ResponderExcluir

Gostou do blog? Comente e deixe-me feliz com seu comentário. Só peço por favor que se for fazer críticas, que sejam construtivas e opinativas.Espero que comente mais vezes, é realmente muito importante. Obrigada.